PT - Comunicado de imprensa: 175 anos (Encontro Internacional)

Actualizado: 29 de jun de 2019

O Papa celebra os 175 anos da sua Rede Mundial de Oração com mais de 5.000 pessoas de todo o mundo



Bem cedo, na Aula Paulo VI da Cidade do Vaticano, teve início a comemoração dos 175 anos do Apostolado da Oração, hoje Rede Mundial de Oração do Papa, num Encontro Internacional com o Santo Padre e milhares de pessoas.


(28 de junho, Cidade do Vaticano) – Pelas 9h00, a Aula Paulo VI da Cidade do Vaticano começou a encher-se de convidados procedentes dos cinco continentes, unidos por uma ocasião especial: a Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração), hoje uma obra pontifícia, faz 175 anos desde a sua fundação e celebra 10 anos desde que começou o seu processo de recriação, aprovado pelo Papa Francisco em 2014. O Santo Padre uniu-se ao Encontro Internacional da sua Rede de Oração, que está confiada à Companhia de Jesus, para agradecer o seu trabalho e para a confirmar no “fundamento da sua missão: a compaixão pelo mundo”.


A inauguração desta celebração situa-se entre duas festas litúrgicas muito especiais, que enchem de regozijo toda a Igreja: hoje é o dia da Solenidade do Coração de Jesus – a dinâmica espiritual na qual se inscreve a Rede Mundial de Oração do Papa – e amanhã, 29 de junho, tem lugar a comemoração conjunta de São Pedro e São Paulo, apóstolos, duas grandes referências do Apostolado da Oração e do Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ).


O Encontro Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa

O P. Frédéric Fornos, SJ, Diretor Internacional desta instituição desde 2016, altura em que foi nomeado pelo Santo Padre, presidiu à abertura do encontro. Pelas 10h00, dirigiu-se à audiência dando as boas vindas às mais de 5.000 pessoas presentes. Seguiu-se a exibição de um vídeo institucional da Rede de Oração do Papa, no qual representantes de todo o mundo reafirmaram o seu compromisso de mobilizar os católicos à oração e à ação.

De seguida, foi apresentado o Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ), a secção juvenil da Rede Mundial de Oração do Papa. Este movimento internacional de formação cristã para crianças e jovens, presente em muitas paróquias, participa ativamente na dinâmica de oração e serviço que carateriza toda a Rede. As equipas nacionais dos Estados Unidos, Itália, Paraguai, Brasil e de vários países de África partilharam com os presentes os seus testemunhos e experiências neste processo de refundação dos últimos dez anos.


A celebração continuou com a apresentação do projeto “O Caminho do Coração” que consta de um sítio web e uma aplicação móvel. Este projeto é o itinerário de formação da Rede de Oração do Papa, que convida a entrar numa missão de compaixão pelo mundo. O P. Frédéric Fornos, SJ, também aproveitou para agradecer pelos dez anos desde que teve início o processo de recriação do Apostolado da Oração, hoje estruturado como Rede Mundial de Oração do Papa. Francisco aprovou o referido processo há cinco anos e constituiu este serviço de oração como uma obra pontifícia em 2018.


A chegada de Francisco à celebração da sua Rede Mundial de Oração

Pelas 12h00, chegou o momento mais esperado da jornada. Após uma breve introdução do P. Frédéric Fornos, SJ, o Papa Francisco uniu-se à celebração dos 175 anos da sua Rede Mundial de Oração. Foi acolhido pelo Diretor Internacional e pelo P. Arturo Sosa, SJ, Superior Geral da Companhia de Jesus, à qual esta obra pontifícia está confiada. Seis participantes de diferentes países testemunharam ao Santo Padre a importância que tem para eles o caminho de oração e a missão de compaixão pelo mundo que se realizam através das intenções que o Papa confia mensalmente. Francisco, depois de os escutar, dirigiu-se a todos os presentes manifestando a sua alegria e agradecimento pela refundação deste serviço da Santa Sé. No seu discurso comemorou este evento, dizendo: “O Apostolado da Oração [hoje Rede Mundial de Oração do Papa] lembra â Igreja que a sua missão principal é a Oração”. Um dos momentos mais importantes do evento deu-se quando o Santo Padre conseguiu criar na Aula Paulo VI um imponente clima de silêncio e recolhimento, após o qual aproveitou para rezar com todos os presentes a oração dos 175 anos da Rede pelas suas intenções de oração e pela missão da Igreja.


A história da Rede Mundial de Oração do Papa

A Rede Mundial de Oração do Papa nasceu com o nome de Apostolado da Oração em 1844, numa casa de formação de jovens jesuítas em Vals, no sul de França. O P. François-Xavier, SJ, diretor espiritual destes jovens, propôs-lhes um modo de ser apóstolos nas suas vidas quotidianas e animou-os a estar disponíveis para a missão de Cristo pelo oferecimento das suas vidas. O P. Henri Ramière, SJ, a partir de 1861, orientou o Apostolado da Oração segundo a dinâmica do Coração de Jesus. Hoje, esta proposta de serviço e oração celebra 175 anos.


O encerramento deste Encontro Internacional celebrando o 175º aniversário e os dez anos da sua refundação teve lugar com o agradecimento e a saudação do P. Frédéric Fornos, SJ, pelas 12h30, altura em que o Papa Francisco também se retirou, saudando com alegria todos os presentes.



Photos: © Copyright courtesy of Vatican Media.

Sobre a Rede Mundial de Oração do Papa

A Rede Mundial de Oração do Papa é uma obra pontifícia cuja missão é mobilizar os católicos para a oração e a ação, face aos desafios da humanidade e da missão da Igreja. Estes desafios apresentam-se sob a forma de intenções de oração confiadas pelo Papa a toda a Igreja. A sua missão inscreve-se na dinâmica do Coração de Jesus, uma missão de compaixão pelo mundo. Foi fundada em 1844 como Apostolado da Oração. Está presente em 98 países e integram-na mais de 35 milhões de católicos. Tem uma secção juvenil, o MEJ – Movimento Eucarístico Juvenil. Em março de 2018, o Papa constituiu este serviço eclesial como obra pontifícia e aprovou os seus novos estatutos. O seu Diretor Internacional é o P. Frédéric Fornos, SJ. Mais informação em: http://www.popesprayer.va